Caso Henry: advogado de Monique entra com pedido de liberdade no STF

Escrito por em 24/11/2021

O advogado de Monique Medeiros entrou com um pedido de liberdade no Supremo Tribunal Federal nesta terça-feira (23/11). Segundo a defesa da mãe de Henry Borel, a prisão é ilegal, já que não houve audiência de custódia para converter a prisão temporária em preventiva. O pedido está sob a análise do ministro Edson Fachin.

A professora está presa desde maio.  Ela é acusada de envolvimento na morte do menino, de 4 anos, em março deste ano. Monique e o namorado, ex-vereador Jairo de Souza Júnior, são réus por tortura e homicídio triplamente qualificado.

No início do mês Jairo teve o pedido de habeas corpus negado  pela 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Além de responder pela morte de Henry Borel, o ex-parlamentar virou réu por violência sexual contra uma ex-namorada há uma semana.

FONTE: R7


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



Música

No Ar

Artista